Clélia Iruzun

Pianista Brasileira radicada em Londres

Com sua combinação única de um colorido espírito brasileiro e profunda musicalidade, a pianista Clélia Iruzun firmou-se como uma das artistas mais empolgantes que chegaram ao cenário internacional nos últimos anos. Clélia já tocou mais de 30 concertos para piano e orquestra, incluindo grandes obras clássicas e românticas, como também de importantes compositores espanhóis e latino americanos.

Notícias & Eventos

Leia as últimas notícias e programa para o próximo evento de Clélia Iruzun

nazareth-among-friends2-1482x635

Adiado: Nazareth entre amigos- Poliphonia na Senate House

Evento Adiado Clélia Iruzun piano Luiz Antonio de Almeida pesquisador Palestra de Luiz Antônio de Almeida com ilustrações musicais da pianista Clélia Iruzun e do violoncelista Nick Roberts. Uma jornada musical explorando a influência do compositor Ernersto Nazareth na próxima geração de compositores no Brasil. Musica de Ernesto Nazareth, Francisco Mignone, Marlos Nobre, Arnaldo Rebello e Gottschalk.…

Clelia-MenuhimHall11-09

Recital em New York

7 Março 2020 | 20:00h | Opera Center America, 330 Seventh Avenue, 7th Floor, New York Clélia Iruzun, piano solo Obras de Nepomuceno, Francisco Mignone, Gottschalk, Sonata Appassionata de Beethoven e a estréia nos EUA das peças The Dream and Water Droplets in Venice de Nimrod Borentein. Bilhetes online pelo eventbrite: clique aqui.

eventimage clelia oleg no logo

Clélia Iruzun com violoncelista Oleg Kogan

26 Novembro 2019 | 19:00h | Razumovsky Academy, 56 College Road, London NW10 5ET Clélia Iruzun, piano Oleg Kogan, violoncelo Beethoven  Piano Sonata No.23 in F minor op.57, Appassionata Nimrod Borenstein  Water Droplets in Venice (world premiere) Chopin   Sonata for Cello and Piano in G minor, Op.65 Evento para arrecadação para a serie Poliphonia Young Talents Series. Bilhetes e doações…

Fotos

Veja fotos de Clélia em concerto com orchestra, solo e conjuntos de câmara

Discografía

Veja a discografía completa de Clélia Iruzun

Críticas

Críticas dos concertos de Clélia

“Clélia Iruzun é uma grande embaixadora do Brasil pelo que demonstrou na punjante interpretação das Bachianas Brasileiras de Villa-Lobos. A 1a. Balada de Chopin foi um incrível deleite estilístico.”
Musical Opinion, Inglaterra

Esse foi simplesmente um dos melhores recitais de piano que ouvi entre muitos nesse ultimo ano. Clélia é descontraida e se relaciona bem com sua audiência, e nós todos nos deleitamos com o programa de música da América do Sul, além do mágico e inesquecível Chopin.
Musical Pointers, Inglaterra

Que concerto maravilhoso o de ontem com a pianista Clélia Iruzun! A variedade do repertorio com os clássicos e as músicas brasileiras proporcinaram uma nova experiência para a platéia de Xangai.”
Xinming Evening News, Xangai, China

“A Valsa Mephisto soou como se o próprio compositor a estivesse tocando… Impecáveis as Variações sobre um tema de Duport de Mozart.”
O GLOBO, Rio de Janeiro, Brasil

“No Allegro Maestoso (Chopin Concerto No.1) seu fraseado foi excepcional, com refinados toques de pedal, terminando com uma brilhante Coda; Clélia tocou o Larghetto com grande variedade de cores; e no Rondo Vivace foi novamente brilhante tocando com grande virtuosismo. Seu Concerto foi sério sem afetações desnecessárias, nem rigidez; ela parece acariciar as notas e tudo no seu toque é espontâneo e natural.”
EL DIA, Zaragoza, Espanha

“O lirismo eclodiu com a clareza do cristal; o piano magistralmente tocado…Magníficos o Prelúdio e Ária das Bachianas Brasileiras No.4”
Semaines Musicales, Quimper, França

“Concerto de grande sucesso ontem à noite no Teatro Sociale em Fasano…Protagonista a brasileira Clelia Iruzun, pianista de grande talento que homenageou o público com um programa de peças latino-americanas e espanholas. Iruzun apresentou músicas de Villa-Lobos, Nazareth, Mignone e Lecuona demonstrando uma tessitura pianística exuberante.”
OsservatOriO oggi.it, Fasano, Italia

“Clélia como que para prestar tribute à terra de adoção tocou autores ingleses. Dois, pelo menos, inteiramente desconhecidos por aqui. Arnold Bax, um impressionista, realizou com bom gusto a “Nereida”. York Bowen, tido como o Rachmaninoff do reino insular mostrou em quatro Prelúdios uma linguagem vistosa, romântica, de algum modo tributária da do russo.”
Tribuna da Imprensa, Rio de Janeiro, Brasil

Twitter

Tomorrow I will be talking about my new CD @SOMMRecordings with the @coullquartet playing the quintets by Amy Beach, Henrique Oswald and the Poema by @marlosnobre at the In Tune programme @BBCRadio3 #amybeach #henriqueoswald #marlosnobre
https://www.bbc.co.uk/programmes/m000h2fy

Beautiful piece by ⁦@BeetholvenCunha⁩ written during these difficult times. #quarentine #StayAtHomeSaveLives https://www.facebook.com/100001641196827/posts/2973773826020628/?d=n

Poliphonia has been posting videos daily with highlights from our previous concerts! Please like our page and follow us! http://facebook.com/15717915462458…

Load More...